Previsões do Business Insider para 2016 (II)

(Leia aqui a parte I do artigo)

Outro destaque da lista de 25 grandes previsões tecnológicas para o final de 2016 da Business Insider (BI) Intelligence Research Team é o aumento expressivo da produção de aplicativos corporativos, ou apps voltados para uso dos colaboradores/funcionários de empresas. Esse tipo de solução digital já tem nome e acrônimo, “Bring your own device” (BYOD) – e não para de crescer. “Vão bater um novo recorde neste ano”, afirma o BI. Se vão ou não, saberemos no final de dezembro. Fato indiscutível, porém, é a participação de gigantes, como Apple, IBM, Google e Facebook, na criação e lançamento de apps voltados para negócios: oficialmente, foram 100 aplicativos iOS da Apple e IBM até dezembro de 2015, abrangendo 14 indústrias e 65 profissões.

Não por acaso, novas e ainda mais numerosas parcerias já estão em curso, garante o BI. A ideia é repetir a experiência na área de transportes, especialmente bem-sucedida nos Estados Unidos, onde procura-se – e, pelo visto, acha-se – uma utilização cada vez mais eficiente de dispositivos móveis nas mãos dos empregados. E como nada melhora de graça, as empresas que “se tornarem” BYODs deverão empreender esforço extra na busca de soluções de segurança para o tráfego de informações nesses dispositivos móveis. Espera-se – eis mais uma previsão do BI – uma nova onda de fusões/aquisições nessa área. No final do ano passado, a BlackBerry comprou a Good Technology, provedora de soluções para segurança móvel, por US$ 425 milhões. Em dinheiro.


Ricardo Largman, jornalista formado pela PUC-RJ em 1982, é crítico de cinema, consultor de Comunicação e assessor de Imprensa do Instituto IBMEC.