Original_New_Yorker_cover

Capa da primeira edição da The New Yorker, de 1925

A The New Yorker foi e ainda é uma das melhores e mais conceituadas revistas semanais impressas dos Estados Unidos. Sua leitura, contudo, demanda tempo – tempo de que, hoje, muitos de seus leitores não dispõem. Para esse público, justamente, é que foi criado o The Minute New Yorker. Trata-se de um boletim informativo enviado por e-mail que resume, em um ou dois parágrafos, cada um dos artigos assinados (editoriais, reportagens, entrevistas etc) da edição semanal.

Escrito por quatro pessoas que preferem ficar no anonimato, o The Minute New Yorker surpreende pela qualidade com que resume – num estilo crítico – o conteúdo do original impresso. Em entrevista realizada pela jornalista Laura Hazard Owen no ano passado, Tilly Minute, pseudônimo da editora da newsletter, respondeu quem são e o que fazem os quatro anônimos: “@dntsqzthchrmn cuida da parte de poesia, Constance Reader (Connie), de ficção, a Old Lady from Dubuque (Lady), dos quadrinhos e charges. Eu escrevo o resto. (…) Trabalhamos na mídia, mas não todos. Moramos em Nova York, mas não todos. E nenhum de nós trabalha na The New Yorker – até onde sei.”

Para se cadastrar e receber semanalmente a The Minute New Yorker, entre neste link.


Ricardo Largman, jornalista formado pela PUC-RJ em 1982, é crítico de cinema, consultor de Comunicação e assessor de Imprensa do Instituto IBMEC.